Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Cargas e Passageiros

Novo sistema dá agilidade ao acesso de documentos relativos aos transporte rodoviário internacional

  • Publicado: Quarta, 14 de Fevereiro de 2018, 14h45
  • Última atualização em Sexta, 23 de Fevereiro de 2018, 16h56

Para aprimorar a regulação e a fiscalização do transporte rodoviário internacional de cargas e de passageiros,  foi lançado na última semana o Sistema TRI (sigla de Transporte Rodoviário Internacional). Desenvolvido a partir de um Termo de Execução Descentralizada, por meio de parceria entre a Agência Nacional de Transportes Terrestres e o LabTrans da Universidade Federal de Santa Catarina, o Sistema funciona como um repositório de documentos e informações afetos ao transporte internacional, estruturado e de fácil consulta.

São documentos produzidos ao longo de vários anos de relacionamento com os países vizinhos. São atas de reuniões do Mercosul, documentos de organismos de aplicação do Acordo sobre Transporte Internacional Terrestre (ATIT), bem como memórias de reuniões bilaterais e multilaterais e outros registros produzidos ao longo dos anos. A cada reunião, novas informações serão inseridas no sistema pelo corpo técnico da Assessoria Técnica para o Transporte Internacional (Astec) da ANTT, área responsável pelo tratamento documental e pela disponibilização em versão digital no Sistema TRI.

Até o momento, já estão disponíveis na base de dados mais de dois mil documentos de interesse para o transporte rodoviário internacional, entre atas de reuniões, acordos, resoluções e legislação em geral. O Sistema TRI, com arquivos indexados e classificados por metadados estruturados, chega para dar mais agilidade na busca de documentos que podem otimizar o tratamento regulatório, as ações de fiscalização e a tomada de decisão estratégica.

Acesse em tri.antt.gov.br

Fonte: ANTT

Assessoria de Comunicação
Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil

registrado em:
Fim do conteúdo da página