Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
CONCESSÕES

Ministro afirma que interesse por estudos de concessões supera expectativas

  • Publicado: Segunda, 13 de Julho de 2015, 15h46
  • Última atualização em Segunda, 13 de Julho de 2015, 15h58

O ministro dos Transportes, Antonio Carlos Rodrigues, comemorou nesta segunda-feira (13/7) o elevado interesse de empresas em elaborar estudos técnicos e de viabilidade para concessões de 11 trechos de rodovias. “ Superou todas as expectativas”, afirmou o ministro. O número de 314 propostas de estudos recebidas até a noite de sexta-feira ( 10/7) pelo governo federal foi ressaltado nesta segunda-feira (13/7) durante entrevista coletiva concedida no Palácio do Planalto pelo ministros Antonio Carlos Rodrigues e Nelson Barbosa ( Planejamento), Eliseu Padilha ( Secretaria de Aviação Civil) e Luis Inácio Adams ( Advocacia Geral da União). ( foto)

“Estou otimista quanto ao sucesso das novas concessões”, admitiu o ministro dos Transportes, ao salientar os resultados do chamamento público, através de Procedimentos de Manifestação de Interesse (PMIs), para os estudos dos trechos incluídos no Programa de Investimento em Logistica (PIL). As propostas foram entregues por um total de 49 empresas ou consórcios que solicitaram autorização ao Ministério dos Transportes para realizar os estudos para as futuras concessões.

Após a autorização, as empresas terão 180 dias para entregar as análises que serão submetidas ao Tribunal de Contas da União e submetidas a audiências públicas, antes do lançamento do edital e realização do leilão. Os 11 trechos de rodovias foram incluídos na nova etapa do PIL, anunciada pelo governo federal no dia 9 de junho último. Saiba mais sobre o PIL.

Veja abaixo o número de proposta por trecho:

Trecho

Número de propostas

BR 101/BA

29

BR  101/SC

37

BR  262/MS

31

BR  267/MS

28

BR  280/SC

30

BR  364/RO/MT

21

BR  101/232/PE

24

BR  262/381/MG/ES

27

BR 282/470/SC

30

BR 101/465/493/RJ/SP

27

BR  101/116/290/386/RS

30

TOTAL

314

registrado em:

Notícias Relacionadas


Fim do conteúdo da página