Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
6 de setembro

DNIT autoriza início de estudos de viabilidade da hidrovia paraense Guamá-Capim

Publicado: Quarta, 06 de Setembro de 2017, 12h13 | Última atualização em Quarta, 06 de Setembro de 2017, 15h24

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit) assinou, na última quinta-feira (31/8), a ordem de serviço para o início dos Estudos de Viabilidade Técnica e Ambiental (EVTEA) para implementação da Hidrovia Guamá-Capim, no Pará. A previsão é que sejam investidos R$ 3 milhões no projeto, com prazo de conclusão de nove meses.

Com a finalização do estudo, a expectativa é de que a hidrovia possa impulsionar o desenvolvimento regional, gerando mais rotas para o escoamento da produção local a partir de melhorias na navegabilidade no trecho do rio. O estudo analisará as principais rotas de transporte possíveis e a conexão hidroviária com os demais rios navegáveis da região, além de prospectar projetos passíveis de levar grandes volumes de cargas pela hidrovia. Ao todo, serão avaliados 372 quilômetros de rios, em uma área que integra vários municípios, como Paragominas, São Domingos do Capim, São Miguel do Guamá e parte da região metropolitana de Belém.


Fonte: DNIT
Assessoria de Comunicação
Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil

registrado em:
Fim do conteúdo da página