Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
DISCURSO

Ministro Maurício Quintella ressalta resultados positivos do Porto de Santos em 2017

Publicado: Sexta, 02 de Fevereiro de 2018, 16h29 | Última atualização em Segunda, 05 de Fevereiro de 2018, 14h18

É com entusiasmo e principalmente com muito orgulho/ que retorno ao Porto de Santos/ para celebrar com a comunidade portuária novas conquistas// E na contramão da maior crise que o Brasil já viveu/ o Ministério dos Transportes/ Portos e Aviação Civil/ e a CODESP mostram resultados que contribuem para dinamizar a economia e ampliar a eficiência produtiva//

A força e a grandeza do Porto de Santos nos inspira/ tanto por sua admirável estrutura/ quanto por sua capacidade logística// É o maior Porto da América Latina e a principal porta de entrada e saída marítima de insumos e mercadorias do país// É um símbolo do progresso/ e da proposta desenvolvimentista que vem sendo defendida pelo governo federal //
• Recorde em 2017
Em 2017 o Porto de Santos fechou o ano atingindo o total de quase 130 milhões de toneladas transportadas/ 14,1% a mais que em 2016 e 8,3% acima da melhor marca anual até então/ ocorrida em 2015/ um novo recorde//
A exportação/ cresceu 14,9%/ deste total/ milho e açúcar representaram 60,6% do total exportado e 43,6% do movimento geral de cargas operadas pelo Porto de Santos em 2017//
A importação atingiu crescimento de 12,1%/ com destaque para insumos como adubo e combustíveis//
A carga conteinerizada também apresentou excelente desempenho/ totalizando 3,8 milhões TEU´s (medida padrão, equivalente a um contêiner de 20 pés)/ um crescimento de 8,1% sobre o resultado do ano passado (3,5 milhões TEU´s)//
O porto também registrou recorde histórico em 2017 quanto ao valor comercial das mercadorias operadas/ o que representou um total de US$ 103,3 bilhões em cargas movimentadas (importação e exportação)// Importante destacar que o Porto de Santos foi responsável por 28,0% da balança comercial brasileira//
Tudo isso é fruto de um intensivo e permanente trabalho dos terminais e da própria direção da CODESP/ e aqui quero registrar meu elogio/ na pessoa do Presidente da CODESP/ Alex Oliva/ parabéns Alex pelo trabalho feito/ A CODESP conseguiu sincronizar a chegada de trens/ caminhões e navios// sem atropelos/ sem gargalos e sem transtorno logístico e urbano// E os resultados vieram expressos nos números aqui citados//

• Inauguração das Obras de Recuperação e Reforço Estrutural para o Aprofundamento dos Berços entre os Armazéns 12A e 23, (Programa Agora é Avançar)

Entregamos hoje mais um empreendimento concluído que integra o Programa Agora é Avançar//
As Obras de Recuperação e Reforço Estrutural para o Aprofundamento dos Berços entre os Armazéns 12A e 23/ foi um investimento de R$ 250 milhões/ que começou em 2014/ mas só esta sendo concluída devido a priorização dada pelo governo federal/ realizando o investimento dos últimos R$ 36,3 milhões necessários para sua conclusão//

Foram reforçados e recuperados 1.750 metros de cais/ envolvendo 7 berços de atracação/ estruturas estas construídas a mais de 70 anos/ nas décadas de 1940 e 1950// Agora/ possibilitamos a realização da dragagem para aprofundar as cotas dos berços de atracação de 10 para 15 m/ o que permitirá a operação de navios de grande porte de até 80.000 TPB (tonelada peso bruto)(classe panamax)/ estimulando investimentos dos operadores portuários e arrendatários// Assim/ ganharemos produtividade e com certeza a redução do frete marítimo no transporte de cargas/ pelo ganho de escala//
Essa obra possibilitará um incremento na movimentação do porto em cerca de 6,3 milhões de toneladas/ano/ gerando acréscimo na receita da CODESP e aumento da capacidade operacional do Porto em até 20%//

• Lançamento do Projeto Hidrovia da Baixada Santista Modal Logístico

Estamos lançando hoje também / o projeto da Hidrovia da Baixada Santista/ que permitirá a movimentação de carga entre os rios da região e o Porto de Santos/ e será um importante fator para o desenvolvimento do porto e de toda a região//
Possibilitará a interligação pelo modal hidroviário das margens do porto/ para além das zonas portuária e retroportuária/ com redução de custos e de impactos ambientais da atividade portuária nas cidades da Baixada Santista/ e ajudará também a desafogar os acessos rodoviários ao porto//
Trata-se de uma importante oferta de oportunidades a iniciativa privada/ para dar início a uma nova fase de expansão do Porto com a exploração do modal hidroviário// É mais uma parceria entre o Governo Federal e a iniciativa privada//

O projeto-piloto hidroviário prevê a utilização de 17 quilômetros do Canal do Estuário/ para movimentar contêineres/ o que deverá retirar até 350 caminhões das vias próximas ao Porto por dia//

Vale destacar que o transporte hidroviário é um modal que apresenta o menor consumo de combustível por tonelada transportada/ e um menor volume de emissões de CO2// É um transporte limpo e barato que contribuirá para a diminuição do tráfego de caminhões nas vias da região/ e melhorará a distribuição de cargas no Porto de Santos//

Possibilitará também/ a exploração de novas áreas no Porto/ onde o transporte aquaviário for mais competitivo/ com a utilização de barcaças//


• Conclusão

É por sabermos que o Porto de Santos tem uma imensa contribuição para a nossa economia/ que sempre procuramos investir e inovar/ e/ desde que assumi o Ministério/ após a fusão das áreas de Transportes/ Portos e Aviação Civil/ percebi que não seria uma tarefa fácil/ conciliar todas as necessidades e as respectivas soluções de cada modal/ em meio as restrições fiscais/ e com a necessidade de andamento de grandes projetos/ fundamentais para o progresso deste país//
Mas rapidamente percebemos que era imperativo que se tomassem providências para deslanchar a movimentação do setor//
Dragagens:
Vale destacar que voltamos a dragar os principais portos do país/ alocamos/ no orçamento de 2017/ R$ 1,1 bilhão/ que viabilizou a dragagem do Porto do Rio de Janeiro/ concluída em novembro passado/ além das dragagens nos Portos de Vitória/ também concluída/ e outras como Itajaí / Paranaguá que está em andamento/ aqui mesmo em Santos/ iniciaremos tão logo sejam superadas as pendências judiciais/ e em Maceió e Fortaleza/ que estarão mobilizando// Com tudo isso/ nossos principais portos em breve/ estarão em um novo patamar// E o Resultado de tudo isso já é notório/ Estamos transportando mais//
Enfim/ essas são ações que ampliam a infraestrutura e geram empregos//
E aqui uma novidade/ assinei ontem à autorização para abertura da consulta pública acerca da nova poligonal do Porto de Santos// Mais uma ação/ que ao final do processo/ atualizará os limites de exploração do Porto público e incentivará mais investimentos//
Por fim/ aproveito para parabenizar aos que fazem o Porto de Santos/ afinal de contas/ hoje o porto completa 126 anos// agradeço a CODESP/ a todos do segmento empresarial/ e Marinha do Brasil//
Muito obrigado!

registrado em:
Fim do conteúdo da página