Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
CONDIÇÕES DAS RODOVIAS

Saiba como estão as rodovias federais em seu estado

Publicado: Terça, 10 de Outubro de 2017, 17h31 | Última atualização em Terça, 10 de Outubro de 2017, 17h41

Confira os resultados, por estado, da avaliação das rodovias federais pelo ICM. Os critérios de avaliação levam em consideração a ocorrência e frequência de defeitos no pavimento. Já os critérios para avaliação da conservação avaliam a situação da roçada (altura da vegetação), da drenagem (dispositivos superficiais) e da sinalização (elementos verticais e horizontais). 

Para saber sobre a metodologia, clique aqui.

 

Conheça a situação das rodovias federais em cada estado: 

Acre (AC) Alagoas (AL) 
Amapá (AP) Amazonas (AM)
Bahia (BA)  Ceará (CE) 
Distrito Federal (DF)  Espírito Santo (ES) 
Goiás (GO)  Maranhão (MA) 
Mato Grosso (MT)  Mato Grosso do Sul (MS) 
Minas Gerais (MG)  Pará (PA) 
Paraíba (PB)  Paraná (PR) 
Pernambuco (PE)  Piauí (PI) 
Rio de Janeiro (RJ)  Rio Grande do Norte (RN) 
Rio Grande do Sul (RS)  Santa Catarina (SC)
Roraima (RR)  Santa Catarina (SC)
São Paulo (SP) Sergipe (SE)

Tocantins (TO)

 

MAPA GEORREFERENCIADO – O DNIT também produziu um mapa georreferenciado com os trechos das rodovias, referenciando a condição de cada um. De acordo com o método, as vias em “bom” estado recebem a cor azul; os trechos em condições “regulares, cor amarela; os trechos das classificados como “ruim” estão em cor laranja; e, por último, os “péssimos”, em vermelho.

Assessoria de Comunicação
Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil

Fim do conteúdo da página