Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

PAC 2: Obras de transporte recebem investimentos de R$ 27 bilhões

O Ministério dos Transportes apresentou resultados positivos na execução do programa. As ações monitoradas por valores investidos demonstram que 67% das obras estão com ritmo adequado. Nos últimos dois anos, foram investidos R$ 27,7 bilhões em Transportes, um dos seis eixos do PAC2.
  • Publicado: Quinta, 21 de Fevereiro de 2013, 21h00
  • Última atualização em Quinta, 21 de Fevereiro de 2013, 21h00

O governo federal divulgou nesta sexta-feira (22/02) o 6º balanço da segunda etapa do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC 2). O programa segue em bom ritmo. De forma global, foram investidos R$ 472,4 bilhões em dois anos em infraestrutura e desenvolvimento social. Esse valor corresponde a quase 50% do previsto para o período 2011-2014. O Ministério dos Transportes apresentou resultados positivos na execução do programa. As ações monitoradas por valores investidos demonstram que 67% das obras estão com ritmo adequado. Nos últimos dois anos, foram investidos R$ 27,7 bilhões em Transportes, um dos seis eixos do PAC2.

Em rodovias, foram concluídas obras em 1.479 km em todo o Brasil. Em andamento, há intervenções em 2.721 km de obras de duplicação e adequação e 5.279 km de construção e pavimentação. Destacam-se as obras de duplicação e adequação na BR-365/MG, na BR-101/SC e na BR- 060/GO. Ao longo de 53.381 quilômetros de rodovias, há obras de manutenção para garantir a boa qualidade das vias e mais segurança aos usuários. Mais de 60% são Contratos de Restauração e Manutenção Rodoviária (Crema), para manutenção mais ampla e de longo prazo.. Foram executados também 27.101 km de sinalização.

No setor ferroviário, o destaque é a entrada em operação, em 2012, do trecho de 113 km, entre Alto Araguaia e Itiquira (MT), da ferrovia que chegará a Rondonópolis (MT) em 2013.  Entre os 2.672 km de grandes obras em andamento estão o trecho sul da Ferrovia Norte-Sul (TO/GO/SP), a Nova Transnordestina (CE/PE/PI), a Ferronorte – Alto Araguaia (MT) e a Ferrovia Oeste-Leste (BA). Merece destaque ainda a conclusão em 2012 do rebaixamento da linha férrea de Maringá (PR).

O transporte em hidrovias também é contemplado pelos investimentos no PAC2. Já foram iniciadas obras na bacia do rio Tietê, e 21 terminais hidroviários estão sendo construídos na região Norte, com 75% das obras realizadas. A ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, destacou a entrega de 12 embarcações financiadas pelo Fundo da Marinha Mercante (FMM).

O valor total das ações do PAC2 concluídas em dois anos é de R$ 328,2 bilhões, o que corresponde a 46% das obras.  Segundo a ministra Miriam Belchior, a previsão é que sejam investidos R$ 989 bilhões até 2014 em ações de infraestrutura e em desenvolvimento social.

Confirma a íntegra da apresentação da ministra do Planejamento no 6º balanço do PAC2.


registrado em:
Assunto(s): Notícia
Fim do conteúdo da página