Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Lançado edital para duplicar 108 quilômetros da BR-163/364 no Mato Grosso

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) publicou no Diário Oficial da União desta terça-feira (19/2) edital de licitação, na modalidade RDC Integrado, para contratar os projetos básico e executivo e as obras de duplicação da BR-163/364 em Mato Grosso, entre o trevo do Lagarto (Várzea Grande) e a cidade de Rosário Oeste
  • Publicado: Segunda, 18 de Fevereiro de 2013, 21h00
  • Última atualização em Segunda, 18 de Fevereiro de 2013, 21h00

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) publicou no Diário Oficial da Uniãoc desta terça-feira (19/2) edital de licitação, na modalidade RDC Integrado, para contratar os projetos básico e executivo e as obras de duplicação da BR-163/364 em Mato Grosso, entre o trevo do Lagarto (Várzea Grande) e a cidade de Rosário Oeste. Trata-se de um grande empreendimento que contempla serviços de restauração, adequação de capacidade, implantação de sistema de iluminação pública e construção de obras-de-arte especiais.

Além da duplicação da via, o projeto compreende a restauração da via existente e a construção de vias laterais no perímetro urbano de Várzea Grande, que vai do trevo do Lagarto até o Rio Pari. Para melhorar a segurança e eliminar pontos críticos da rodovia, o projeto prevê a construção de uma passagem inferior, no acesso à MT- 246, que liga ao município de Barra dos Bugres e a construção de um viaduto no acesso a cidade Acorizal. Para essas duas obras o DNIT incluiu a instalação da iluminação pública. Além disso, faz parte do pacote de obras a construção de um contorno na cidade de Jangada. O prazo para execução das obras é de 630 dias.

Pela BR-163/364 trafegam diariamente cerca de 8 mil carretas com a produção de grãos da região. A duplicação da rodovia irá agilizar e facilitar o escoamento dos produtos além de atender a demanda do crescimento do setor agropecuário no Estado.

Fonte: DNIT

registrado em:
Assunto(s): Notícia
Fim do conteúdo da página