Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Últimas notícias

Embaixadores conhecem oportunidades de investimentos em infraestrutura

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) promoveu nesta segunda-feira (18/02), seminário sobre oportunidades de investimentos em infraestrutura a embaixadores estrangeiros no país. Palácio do Itamaraty, em Brasília . O evento faz parte da estratégia do governo federal no exterior para atrair investidores à oferta de novas concessões no Brasil, como rodovias e ferrovias.
  • Publicado: Domingo, 17 de Fevereiro de 2013, 21h00
  • Última atualização em Domingo, 17 de Fevereiro de 2013, 21h00

O Ministério das Relações Exteriores (MRE) promoveu nesta segunda-feira (18/02), seminário sobre oportunidades de investimentos em infraestrutura a embaixadores estrangeiros no país. Palácio do Itamaraty, em Brasília .  O evento faz parte da estratégia do governo federal no exterior para atrair investidores à oferta de novas concessões no Brasil, como rodovias e ferrovias.

No próximo dia 26, em Nova Iorque, ocorre a primeira etapa  internacional do Road Show, evento para mostrar as oportunidades no Brasil. O  primeiro foi realizado em São Paulo, no último dia 5, e serviu para ampliar o diálogo com grupos de investidores internacionais. O seminário terá edição também em Londres, em 1º de março.

Ferrovias – A Empresa de Planejamento e Logística (EPL), vinculada ao Ministério dos Transportes, participou do seminário no Itamaraty. Na ocasião, o presidente da EPL, Bernardo Figueiredo explicou o Programa de Investimentos em Logística (PIL) que prevê que investimentos de R$ 91 bilhões em ferrovias por meio de parcerias público-privadas. Os 12 lotes a serem concedidos abrangem 10 mil quilômetros de estradas de ferro.

O PIL contempla ainda nove trechos de rodovias. O governo pretende – ao conceder rodovias à iniciativa privada e promover parcerias público-privadas (PPP) para as ferrovias – criar condições para que o país restabeleça a capacidade de planejamento do sistema de transportes, com integração de modais e articulação com as cadeias produtivas.

Vantagens - No seminário em São Paulo, o ministro da Fazenda, Guido Mantega divulgou novas regras para o programa de concessões rodoviárias para garantir mais rentabilidade e atratividade aos participantes dos leilões. Pelas novas medidas do governo, o prazo das concessões passa de 25 para 30 anos. Também muda a estimativa da expansão média anual da demanda: caiu de 5% para 4% ao ano.

Os investidores também terão mais garantias, que antes eram baseadas no modelo Fiança bancária/corporativa/ project finance. Agora, estão inteiramente apoiadas em project finance. Além disso, o prazo de carência passou de até 3 anos para 5 anos. Ainda de acordo com as novas regras, o prazo total do financiamento saltou de 20 para 25 anos.

registrado em:
Assunto(s): Notícia
Fim do conteúdo da página