Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
GESTÃO PÚBLICA

Workshop apresenta tecnologia BIM para projetos e execução de obras na administração pública

  • Publicado: Terça, 23 de Outubro de 2018, 17h19
  • Última atualização em Terça, 27 de Novembro de 2018, 16h18

Ferramenta promove a colaboração multidisciplinar, com a consolidação e a integração de informações em uma mesma plataforma, com atualizações em tempo real

WhatsApp Image 2018 10 23 at 16.04.42Como resultado de um esforço coordenado entre o Ministério dos Transportes, por meio da Secretaria da Nacional de Aviação Civil (SAC), junto aos ministérios do Planejamento Orçamento e Gestão e da Indústria, Comércio e Serviços, foi dado início, nesta terça-feira (23/10), ao 1º Workshop BIM (Building Information Modeling – Modelagem da Informação da Construção) em Aviação Regional. Um novo conceito que assimila informações e projetos, associados a ferramentas computacionais, que permitem um produto final com mais qualidade e precisão de orçamento.  O Programa de Aviação Regional da SAC foi um dos pioneiros na contratação do BIM.

O workshop foi elaborado para a troca de informações e o olhar em conjunto para o futuro. A indústria da construção civil e os problemas com a produtividade brasileira no setor lançaram a preocupação das pastas. Com isso, foi assinado o Decreto nº 9.377, de 17 de maio de 2018, que institui a Estratégia Nacional de Disseminação do Building Information Modeling.

“Trata-se de um ganho não somente para o Ministério dos Transportes, mas principalmente para o cidadão que paga os seus impostos e quer uma aplicação melhor dos recursos”, ressaltou o ministro do MTPA, Valter Casimiro. A ferramenta, segundo ele, traz à administração pública a possibilidade de fazer mais com menos. “Trabalhar o projeto e facilitar o gerenciamento das obras, a vida do gestor e também para garantir o melhor acompanhamento de toda a sociedade e dos órgãos de controle”, concluiu.

Na ótica do setor público, a aplicação da tecnologia garante confiabilidade nas estimativas de custos e cumprimento de prazos; redução de desperdícios; qualidade e rigor técnico; eficiência na gestão; transparência nas compras públicas e menor incidência de erros e imprevistos. Para o setor privado, além desses, a implantação da modelagem pode reduzir riscos, detectar conflitos e elevar os níveis de customização e flexibilidade.

O evento, em parceria com a Secretaria de Planejamento do Estado de Santa Catarina (SPG/SC), vai promover o debate, até quarta-feira (24), sobre o projeto piloto da Estratégia BIM-BR no Programa de Aviação Regional, o aculturamento, plano executivo (teoria e exercício), além de licitações, softwares e outras ferramentas da modelagem.

Crédito fotos: MTPA/Alberto Ruy

Assessoria de Comunicação
Ministério dos Transportes, Portos e Aviação

registrado em:
Assunto(s): GESTÃO PÚBLICA

Notícias Relacionadas


Fim do conteúdo da página