Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
AMAPÁ

Presidente e ministro da Infraestrutura inauguram novo terminal de passageiros do aeroporto de Macapá

  • Publicado: Sexta, 12 de Abril de 2019, 11h22
  • Última atualização em Sexta, 19 de Abril de 2019, 13h36

Aeroporto da Infraero terá capacidade de movimentação de passageiros ampliada para até 5 milhões por ano.

Inauguracao Aeroporto Macapa

O presidente da República, Jair Bolsonaro, e o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, inauguraram, nesta sexta-feira (12/04), o novo terminal de passageiros do Aeroporto Internacional de Macapá/Alberto Alcolumbre (AP). Com investimento de R$ 166,4 milhões, a obra proporcionará um aumento da capacidade operacional – passará de 2,1 para 5 milhões de passageiros por ano – e apresentará uma área quase cinco vezes maior em relação ao espaço atual.

O presidente Jair Bolsonaro ressaltou o trabalho da bancada federal do Amapá para garantir os recursos para a obra e analisou a importância do terminal para a região. “A união das bancadas conseguiu finalizar esta obra. Mas contamos também com o trabalho e a dedicação do Amapá para concluir este aeroporto de primeiro mundo, que vai abrir portas para o comércio, turismo e integração”, afirmou o presidente.

O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, destacou a participação dos operários que trabalharam na construção e a atuação da Infraero. "Estou aqui para prestar homenagens aos operários que trabalharam nessa construção. De forma anônima, eles mudam o panorama do país, sempre se esforçando pela provisão da infraestrutura e pela melhoria da qualidade de serviço”, pontuou. “Os servidores da Infraero precisam ser lembrados. Quanta motivação e entregas positivas eu tenho visto. Cada dia que passa eu tenho aprendido mais a respeitar essa empresa”, completou o ministro. Para ele, o novo terminal também vai contribuir para o desenvolvimento e dinamização da economia do estado do Amapá, potencializando, além do turismo, a indústria e a Área de Livre Comércio de Macapá e Santana (ALCMS).

A OBRA – A nova estrutura terá recursos de automação no ar condicionado e iluminação e contará com 25 balcões de check-in, seis escadas rolantes, 13 elevadores e três novas esteiras de restituição de bagagem, além de um sistema de prevenção e combate a incêndio sem igual no estado e soluções de acessibilidade em todo o aeroporto para pessoas com deficiência e mobilidade reduzida.

Para o secretário Nacional de Aviação Civil, Ronei Glanzmann, o novo aeroporto vai trazer qualidade para a população do estado. “O Amapá merece essa obra. Agora, a população tem um terminal aeroportuário compatível com sua importância no cenário nacional”, avaliou.

O atual projeto foi licitado em 2014 e contratado no ano seguinte. Todo o processo foi dividido em duas fases: a primeira contempla o novo terminal de passageiros e o acesso viário que entrará em operação nesta sexta-feira. Com essa etapa finalizada, o terminal antigo será demolido para dar lugar ao novo pátio de aeronaves, cuja conclusão deve ocorrer no próximo mês de agosto.

 

Crédito foto: Infraero/Divulgação

Assessoria Especial de Comunicação

Ministério da Infraestrutura

registrado em:
Fim do conteúdo da página