Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
TRANSPORTADORES DE CARGAS

Ministério da Infraestrutura constrói agenda de trabalho com caminhoneiros

  • Publicado: Segunda, 22 de Abril de 2019, 21h49
  • Última atualização em Sexta, 10 de Maio de 2019, 17h47

Após 4 horas de reunião com integrantes da Confederação Nacional dos Transportadores Autônomos (CNTA) e cerca de 20 lideranças dos caminhoneiros, o Ministério da Infraestrutura firmou com a categoria uma agenda de trabalho a curto prazo. O objetivo é amortecer o efeito da variação do preço do diesel para a categoria e estabelecer o compromisso de manter aberto o diálogo com as lideranças.

Após ouvir as reivindicações, foram firmados os seguintes compromissos:

  • Estudar a eliminação de multas desnecessárias aos caminhoneiros;
  • Transferência do custo do diesel para a tabela do frete;
  • A fiscalização efetiva da referência de custo do piso mínimo do frete;
  • A celebração de um termo de compromisso com as entidades representantes da categoria para tornar mais efetiva a fiscalização.

De acordo com o ministro Tarcísio Gomes de Freitas, “a construção dessa agenda vai amortecer o efeito do diesel, vai fazer com que o dinheiro sobre na contratação de cada frete e vai fazer com que a referência de preço seja praticada”, disse. “Estamos com uma agenda sólida, que está sendo construída com base numa conversa e nos pleitos dos caminhoneiros”, finalizou Freitas.

Assessoria Especial de Comunicação

Ministério da Infraestrutura

registrado em:
Assunto(s): caminhoneiros
Fim do conteúdo da página