Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
ARRENDAMENTO PORTUÁRIO

ANTAQ conclui audiências públicas de leilão de quatro áreas no porto de Itaqui (MA)

  • Publicado: Segunda, 09 de Setembro de 2019, 14h58
  • Última atualização em Quinta, 12 de Setembro de 2019, 18h10

Terminais são destinados à movimentação de granéis líquidos (combustíveis). Previsão é que leilão aconteça no segundo trimestre de 2020, com investimentos de R$ 480 milhões.

A Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ), concluiu e aprovou, nesta sexta-feira (6), a fase de análise das contribuições das audiências públicas de quatro terminais localizados no Porto Organizado de Itaqui/MA, que vão a leilão pelo Governo Federal no segundo trimestre de 2020.

Sob jurisdição da Empresa Maranhense de Administração Portuária (EMAP), vinculada ao Ministério da Infraestrutura, as áreas denominadas IQI 03, IQI 11, IQI 12 e IQI 13 são destinadas à movimentação e armazenagem de graneis líquidos com foco em cargas como etanol e derivados de petróleo, além de outras instalações complementares. A previsão de investimentos nos quatro terminais é de R$ 480 milhões.

Para o Secretário Nacional de Portos e Transportes Aquaviários, Diogo Piloni, o lançamento do leilão é mais um passo para o atendimento do seguimento de abastecimento de graneis líquidos à região. “O Porto de Itaqui tem tido crescimento acima da média nos últimos anos, e as quatro áreas vão desenvolver um papel crucial na distribuição de combustíveis para o país”, explicou Piloni.

PRÓXIMOS PASSOS: Agora, a Agência reguladora vai encaminhar as contribuições para o Ministério da Infraestrutura, onde serão realizados possíveis ajustes aos documentos, e os enviará para análise do Tribunal de Contas da União (TCU). A previsão é que o edital seja publicado no primeiro trimestre de 2020 e que o leilão aconteça no segundo trimestre de 2020.

Assessoria Especial de Comunicação

Ministério da Infraestrutura

Fim do conteúdo da página